OS ANJOS

 

Dois anjos estavam viajando e pararam na casa de uma família rica para passar a noite. A família recusou recebê-los no quarto de hóspedes da mansão e, ao invés disso, foi lhes dado um lugar frio no porão. Assim eles arrumaram suas camas no chão duro. O anjo mais velho viu um buraco na parede e o fechou. Quando o anjo mais novo perguntou o porquê daquilo, o anjo mais velho respondeu: "Nem sempre as coisas são como parecem". Na noite seguinte o par de anjos veio descansar na casa de um fazendeiro muito pobre, porém hospitaleiro. Depois de compartilhar a pouca comida o casal deixou que os anjos dormissem na sua cama, onde eles puderam ter uma boa noite de descanso.
Quando o sol veio na manhã seguinte os anjos encontraram o fazendeiro e sua esposa em lágrimas. Sua única vaca cujo o leite era seu único rendimento, estava morta no campo. O anjo mais novo perguntou ao anjo mais velho: "Como você deixou que isso acontecesse? O primeiro homem tinha tudo, mesmo assim você o ajudou. A segunda família tinha pouco, porém estava disposta a dividir todas as coisas e você deixou que sua vaca morrese?" "Nem sempre as coisas são como parecem!" - respondeu o anjo mais velho e continuou. "Quando estávamos no porão da mansão vi que havia ouro guardado em um buraco na parede.
Visto que o dono estava tão obcecado pela cobiça e não estava disposto a compartilhar sua fortuna, eu fechei a parede e ele não será capaz de encontrá-lo. Então na noite passada enquanto nós dormíamos na cama do fazendeiro, o anjo da morte veio para levar sua esposa. Eu disse a ele que ao invés dela, levasse o animal".

Moral:

Você não leva seu filho ao dentista, para que ele sofra. E sim, para que tenha dentes bonitos e uma vida sadia. Nem sempre o que passamos é verdadeiramente um sofrimento. Com o tempo, você descobre que era importante, ter passado pelo que passou; pois aprendeu muito e cresceu mais. Se existe a fé em seu coração, apenas confie. Deus é extremamente justo.

Clique no botão para voltar